Como usar o coaching para promover mudança de comportamento nas organizações

Os RHs com prestígio  são constantemente convocados a apoiarem líderes e não líderes a reverem comportamentos.  O que acontece é que alguns profissionais querem ajudar, mas não conhecem os instrumentos necessários para atuar.

Se você é um profissional de RH (ou quer ser um) e quer ser reconhecido como alguém que faz a diferença na vida das pessoas e nos resultados da organização, então esse artigo é para você!  Aqui eu vou te contar como eu uso uma técnica do coaching, a Matriz de Gestão da Mudança, para promover mudança de comportamento nas pessoas e influenciar o atingimento de resultados positivos da organização.

A Matriz da Gestão da Mudança é uma ferramenta do coaching que você pode aplicar individualmente ou em um grupo, e tem como principal objetivo promover a reflexão de quais comportamentos devem ser transformados para atingir um determinado objetivo.

 

Primeiro passo

O seu cliente interno (ou externo caso queira aplicar a técnica como Consultor) deve ter claro um objetivo.  Exemplo: ser reconhecido pela minha equipe como um líder que suporta o desenvolvimento profissional das pessoas.

 

Segundo passo

Peça para seu cliente preencher a matriz abaixo da seguinte forma:

Gosto e Faço

 

[aqui ele listará todos os comportamentos que ele gosta e que ele pratica no dia a dia]

 

Exemplo: feedbacks semanais para todos do time.

Gosto e Não faço

 

[aqui ele listará todos os comportamentos que ele gostaria de ter, mas que ainda não pratica no dia a dia]

 

Exemplo: montar um treinamento para meu time.

Não gosto e Faço

 

[aqui ele listará todos os comportamentos que ele não gosta, mas que mesmo assim pratica no dia a dia]

 

Exemplo: chamar a atenção alguém que errou na frente dos demais.

Não gosto e Não faço

 

[aqui ele listará comportamentos que não gosta e que não pratica no dia a dia]

 

Exemplo: xingar as pessoas.

 

Lembre-se de que tudo o que ele disser em cada quadrante deve estar relacionado à meta!  Caso seu cliente liste comportamentos pouco específicos, você deve perguntar:

  • De que forma esse comportamento está relacionado com sua meta?
  • Pode me dar um exemplo?

 

Terceiro passo

Depois que a matriz estiver completamente preenchida você deve fazer as seguintes perguntas:

  • De que forma os comportamentos listados no quadrante “Gosto e Faço” ajudam no atingimento de sua meta?
  • Os comportamentos não praticados listados no quadrante “Não gosto e Não Faço”, de fato, devem ser descartados para o atingimento da sua meta?
  • De que forma os comportamentos que você gostaria de ter, mas não faz atualmente (listados no quadrante “Gosto e Não faço”), podem ser colocados em prática?
  • Quais são as opções para você parar de praticar os comportamentos listados no quadrante “Não gosto e faço”?

 

Quarto passo

Apoie o seu cliente a montar um plano de ação a partir das reflexões feitas, fazendo as seguintes perguntas:

  • Dentre todas as opções levantadas, quais você escolhe?
  • O que você vai fazer, especificamente, para atingir esse objetivo?
  • Quando fará (dia e horário?
  • Onde fará?
  • Quais são os recursos que têm para ajuda-lo a concluir essa atividade?
  • Qual será o resultado esperado após a conclusão da mesma?

 

E pronto!  Depois de conduzir esse roteiro você terá apoiado alguém, de forma efetiva, a mudar comportamento.

Quer saber mais sobre Recursos Humanos e Gestão de Pessoas?  Então é só me acompanhar nas redes sociais.

 

Instagram: fabiana.abath

Facebook: fabianaabath

Linkedin: fabianaabath

Recent Posts