A Reforma Trabalhista e os desafios da área de RH

No dia 13/07 o presidente Michel Temer sancionou o projeto de reforma trabalhista. Um dos principais argumentos para justificar as alterações é a necessidade de modernização da legislação para atender a demandas já existentes.

Cada vez mais o mercado de trabalho (no Brasil e no mundo) vem buscando flexibilidade.  Essa demanda não é só dos empregadores, mas também dos empregados.  Pedidos tais como flexibilidade de horário, home office, maior autonomia (consequentemente menos controle), possibilidade de trabalhar part time ou por projeto são demandas que estão sendo colocadas na mesa dos Gestores de RH aqui no Brasil faz tempo. Mas como atende-las sem estar coberto pela legislação? Para muitos RHs a resposta era curta e grossa: não pode, a CLT não permite.

Pois é… Com as mudanças na legislação muitas das demandas que citei de exemplo podem ser atendidas.  A questão é: como os Gestores de RH estão se preparando para absorver essas alterações em suas empresas?

Dentro desse contexto os principais desafios da área de RH são:

  • Mergulhar no negócio da empresa e mapear quais novas soluções em gestão de pessoas são possíveis de implementar a partir das alterações na CLT.
  • Rever os processos existentes.
  • Escrever políticas e procedimentos formalizando os novos processos criados ou alterados.
  • Treinar o time e RH e os gestores e os gestores nas novas “regras do jogo”.
  • Comunicar as mudanças a todos os colaboradores.

A questão é a seguinte: como você, Gestor de RH, está se preparando (e preparando a organização) para essas mudanças?

Leia também: A Reforma Trabalhista e a Geração Y

Recent Posts